O caçador de tesouros

Mais um dia de sol… a previsão de chuva é só para a próxima semana. Os pássaros cantam e enfeitam o céu azul. O vento está favorável para navegar… Um belo dia para caçar um tesouro, não acham? Pois o caçador achou a mesma coisa! Já sabia de uma ilha ao norte, onde com certeza encontraria centenas de pedras preciosas. 

Pois bem. O nosso caçador sai da beira da praia onde costuma deixar o barco e segue em direção a uma nova aventura. Pode ser que fique rico desta vez! Quem é que sabe da nossa ‘sorte’? “Vou em busca do meu tesouro novamente”, repetia cantarolando. 

Chegando na pequena ilha, a esperança dele só aumentava. Imagine só, quantas pedras ele poderia encontrar naquela mina… estaria feito! Caminhando até o destino, tropeçava frequentemente nas raízes das grandes árvores. A pressa era tanta, que nem olhava por onde pisava. Só queria ter sorte dessa vez… só não queria voltar para casa com sua mochila vazia. 

A mina estava no centro da ilha… para chegar até lá, deveria tomar muito cuidado com as armadilhas que foram construídas por outros caçadores. Além disso era o habitat de alguns animais ferozes; qualquer passo em falso poderia colocar tudo a perder. Mas, ele respirou fundo e foi andando devagar até chegar ao local. 

Após 15 minutos de busca, já pode avistar as mais lindas pedras. Tudo tão lindo e encantador… O que fazer com tanta riqueza? Nem ele sabia! Na verdade, ficou tão surpreso que nem sabia por onde começar. Fora que, não conseguiria carregar tudo na sua mochila. 

Andava de um lado para o outro na mina, até que avistou um diamante e se encantou. Pensando pela lógica, ele poderia ter levado quantas pedras quisesse… Mas, naquele momento, preferiu levar apenas aquela pedra sem forma e brilhante. É como se, em toda a sua viagem, estivesse apenas buscando por aquele diamante.

Teria que lapidar… ele sabia disso. Quanto tempo poderia demorar? Não poderia responder a essa pergunta. “Nenhum diamante é igual ao outro e mesmo após o processo de lapidagem, ele será único”, era isso o que diziam sempre. Ao olhar aquela pedra, sabia de uma coisa: valeria a pena. 

Talvez você possa dizer: por que o caçador gastaria tanto tempo lapidando uma pedra, sendo que poderia ter levado todas que conseguisse e que já estivessem prontas? E então eu te respondo… Acredito que, se ele juntasse todas as outras pedras, nenhuma delas teria o mesmo brilho que o seu diamante.

Porque a vida é assim: abrimos mão de pequenos tesouros para cuidar de apenas uma pedra preciosa. E acreditem: o brilho do diamante é inconfundível e mágico!

diamante-graff-620x582

Anúncios

Existe definição?

Ainda que eu pudesse juntar as palavras mais bonitas, nenhuma poderia ser  capaz de explicar o amor. Quem é que pode colocar em uma caixa o que transborda? ninguém. 

Mas, tentando explicar, amar é perdoar. E não uma vez, mas todos os dias. Perdoar o que ninguém mais perdoaria; perdoar sem que lhe peçam  perdão. 

Amar é se doar. É pensar no bem de outra pessoa como pensamos no nosso próprio bem. É estar disponível para ser o bem; um bem completo. 

Ainda, amar é ter esperança. Seja pequena como uma formiga ou grande como um elefante. Mas é esperar. Esperar que melhore, acreditar que pode ser diferente, mesmo quando parece não ser. 

Amar é renunciar. O amor não é egoísta, ele é bondoso. Renunciar a si mesmo, aos próprios defeitos, aos antigos feitos. 

Amar também é confiar. É ter mil motivos para não acreditar, mas escolher acreditar. Confiar, pois do amor não se pode duvidar. 

Chorar, sorrindo, também é amar. É estar com o coração em pedaços, mas mesmo assim, ser o conforto da outra pessoa. É ser a cura, mesmo doente. 

Amar é aceitar, pois as pessoas não são iguais. E é também entender que todo mundo pode errar.

Amar é estar cansado, mas nunca se cansar de amar. Amar quando a pessoa menos merecer, até quando ela não quiser ser amada. 

Amar é estar com o coração dentro de você e ao mesmo tempo em outro lugar. É sentir o perigo chegar. É estar longe e querer cuidar.

Amar é muita coisa. O amor é muita coisa. Mesmo tentando não consegui decifrar. A gente só sente. Porque quando é amor, muda tudo na vida da gente. O amor muda a gente.

Final de junho

Estamos finalizando o primeiro semestre do ano de 2018. E como estamos?

Particularmente, estou assustada com tudo que aconteceu. Como podem perceber, passei por coisas bem tristes nos primeiros meses. Mas superei, graças a Deus.

Os momentos ruins não duram para sempre né? Depois das lágrimas, vem sempre um sorriso. E eu tenho sorrido… estou feliz, ainda que nada seja perfeito.

Deus faz coisas maravilhosas em nossa vida. E por isso sou grata! Me deu vários presentes, dos quais eu só tenho a agradecer.

Um dos meus presentes foi a adoção do Bibio que saiu esse mês. E agora, ele se chama João Gabriel. Claro que ele já era nosso, mas agora é definitivo. Posso dizer que foi a segunda melhor notícia que eu já recebi na minha vida. A primeira foi quando eu soube que ele viria para a nossa casa.

É uma alegria tão grande poder dizer: nosso JOÃO! Estivemos 2 anos esperando por isso. Passamos por muitos problemas, pessoas atrapalhando, desejando o mal dele. Vocês nem fazem ideia. Mas Deus tem nos abençoado e cuidado dele!

Outro presente foi ter tirado nota máxima no meu TCC (primeira parte) depois de um semestre muito difícil e cansativo. Fui agraciada com uma super parceira de trabalho, que hoje é uma parceira de vida.

Recebi outro presente também, mas esse é segredo. Se tudo der certo, conto para vocês no próximo semestre. Mas posso dizer que estou feliiiiiiz! E em momentos como esse eu digo que vale a pena chorar num dia para poder sorrir no outro. Vale muito a pena! As melhores coisas surgem de repente e mudam nossa vida.

Bom, é isso. Resumi em um post as melhores coisas do meu primeiro semestre. Eu estou esperando por um segundo semestre melhor do que esse. Porque, apesar das coisas boas, fui muito afetada. Fiquei muito doente, fraca, estressada. Em alguns dias achava que não ia aguentar a pressão… Parece que minha mente e meu corpo deram um stop. Aprendi também que tenho que me cuidar, pois geralmente cuido de todos menos de mim.

Que venha julho, que venham 6 meses melhores para nós! ❤

YESHUA

Yeshua Hamashia significa Jesus Cristo, o Messias.

Não costumo falar sobre religião nem sobre a minha fé. É uma coisa muito particular, não é? Mas hoje eu quero falar sobre alguém que é muito mais do que uma religião, é o AMOR. 

Falar de Jesus é tentar explicar o inexplicável. Ele existe, Ele cuida, Ele ama. Para mim, esse é o verdadeiro significado de Cristianismo. Olhar para o Amor e seguir o seu exemplo (mesmo que seja humanamente improvável). 

Ainda que sejamos tão complicados e falhos, existe alguém que está o tempo todo nos ensinando e nos ajudando a ser melhores do que somos. 

Posso dizer que sou apaixonada por Ele! Sou mesmo. Porque ninguém mais daria a vida por mim, nem por você. Ninguém mais te ama como Ele. Isso porque, se olharmos para nós, veremos que há tantas imperfeições, ao ponto de ninguém querer dar valor. Mas Ele dá. 

O meu amado é o mais belo entre milhares e milhares!

Jesus é quem dá o significado para a vida. Olhando em volta, quanta maldada há! Começa de dentro para fora, nos tornando uma sociedade vazia e cruel. Só que ainda assim, existe esperança de que tudo vai melhorar. E por que? Porque alguém está olhando por nós. 

Ele é quem me sustenta, quem me acalma quando perco a razão, que me ama quando me sinto na solidão, que faz a tempestade passar e que me levanta do chão. 

Jesus para mim não é religião; é vida. É uma realidade que é viva dentro de mim. Alguém que eu posso dizer: quero ser assim. A perfeição que desceu do Trono e habitou entre nós. E em breve, voltará. 

O que devemos fazer para ter sucesso? Seguir o que Ele nos deixou. Seguir o amor! Porque o amor muda, reconstrói, liberta e renova. Sejamos, pois, imitadores do amor.

Jesus é TOP!

images (1)

 

Nós ➿

Aprendi a ver mais do que está explícito

Que uma atitude vale mais do que mil palavras.

Aprendi a ver as entrelinhas entre nós

E a admirar as pequenas coisinhas.

Entendi que suas qualidades são exclusivas

E que os defeitos são consequências da loucura que é a sua vida.

Entendi que eu tenho com quem contar

Mesmo quando longe nós parecemos estar.

Percebi que te quero por perto

Mesmo que entre nós tudo seja tão incerto.

Percebi que mesmo tentando fugir

O nosso lugar é exatamente aqui.

Notei que mesmo que estejamos num singular

Sabemos que no fundo, nós somos um par.

E mesmo se você não conseguiu reparar

Notei que tudo é muito melhor quando você está.

Não temos nada, só temos nós

Nós enrolados, nós cheios de nós

E apesar de ser tão complicado

É só do “nós” que a gente precisa.❤

Jornalismo: reta final

Minha vida tem sido uma loucura… tanto que mal consigo escrever aqui. 

Porém, meu foco valeu a pena. Estou concluindo o penúltimo semestre de jornalismo com ótimas notas. Tirei até 10 gente, que maravilha!

Mas também, confesso que estou com um pouco de medo e já ficando com saudades dessa rotina. Isso porque o meu próximo semestre só terá o TCC. Acabaram-se as aulas, as provas e a convivência com os coleguinhas. 

Tem muita gente que não vê a hora de entregar o Trabalho de Conclusão de Curso e ir embora da graduação. Porém, eu não sou essa pessoa. Isso porque o futuro dá medo! A gente não sabe o que nos espera e como conseguiremos lidar com a loucura da vida adulta.

SIM, VIDA ADULTA. 

Por incrível que pareça, mesmo com a minha vasta experiência de vida, parece que agora que estou virando gente grande de verdade, e isso me assusta também. Agora parece que vou para aquela fase: eu e eu por mim, sabe? Senhor amado.

Além disso, eu amo estudar o jornalismo. Parece que ouvir os professores falando da profissão aumenta a minha paixão. E agora, acabou. Sou quase uma jornalista! Vou sentir falta dos meus coleguinhas e de ficar reclamando dos professores e dos conteúdos. Vou sentir falta de ser obrigada a ir pra faculdade todos os dias e ficar esperando pelas férias. 

Enfim, é isso. Um desabafo… 

Estou na reta final do jornalismo, realizando o sonho de me formar com chave de ouro: um livro-reportagem. Espero que dê tudo certo e que eu possa compartilhar meu livrinho com vocês no final desse ano! 

#PartiuTCC  ❤ 

Quem acredita sempre alcança.

Thanks God!

J O R N A L I S M O     P OR     A M O R !!!

tshirt-feminina-curso-jornalismo-62NsL